Home » Destaques » Aulas são suspensas em Pádua por causa da interrupção na distribuição de água no município

Aulas são suspensas em Pádua por causa da interrupção na distribuição de água no município

O baixo volume de chuva neste ano tem afetado o abastecimento de água em Santo Antônio de Pádua. O nível de água do Rio Pomba está muito abaixo do normal, por isso, é possível ver pedras e bancos de areia por quase toda a extensão na cidade, o que dificulta a capitação de água pelas bombas, conforme esclareceu a empresa Águas de Pádua em comunicado emitido para população paduana na manhã desta quarta feira, dia 27.

Esse baixo volume levou a Águas de Pádua a realizar, de forma emergencial, a abertura do canal de captação para fazer com que a água chegue até o nível das bombas. De acordo com o diretor administrativo da empresa José Eduardo Luccas da Costa, outras obras emergenciais serão feitas nos próximos dias.

A Secretaria Municipal de Educação cancelou as aulas em todas as escolas da rede municipal de ensino em Santo Antônio de Pádua (sede) e nos distritos de Monte Alegre, Santa Cruz e Marangatu na quinta-feira (28) e sexta-feira (29). De acordo com a Secretária Maria Cristina Machado de Souza, algumas escolas já se encontram totalmente sem água.

Para este período, a Águas de Pádua pede que a população economize água e faça seu uso racional, evitando o desperdício e contribuindo para que o abastecimento não seja prejudicado.

“Sabemos que a água é algo precioso, por isso, é extremamente necessário evitarmos o desperdício. Medidas simples de contenção de gastos podem fazer a grande diferença”, disse Eduardo.

Outros pontos de capitação estão sendo prejudicados devido ao período de seca, caso da Estação de Piscicultura do município, onde as bombas não alcançam o leito do rio. Segundo o Sub Secretário de Agricultura Leonardo Moura Leonardo, essas mesmas bombas são responsáveis pelo abastecimento dos caminhões pipas que levam água diariamente para os produtores rurais do município que também sofrem com o longo período sem chuvas.

“Estamos trabalhando, desde as primeiras horas do dia, para abrir um novo ponto de capitação para as bombas, somente assim teremos como auxiliar os produtores e também nossa Estação de Piscicultura”, disse Leonardo.

Ciente da situação, o Prefeito Josias Quintal de Oliveira que estava em Brasília, já está retornando ao município para tomar as primeiras medidas em busca de amenizar os estragos causados por essa longa estiagem.

Buscando um maior esclarecimento da população sobre o assunto, o programa Falando com o Prefeito de amanhã (28), irá receber como convidados o Prefeito de Itaocara Manoel Faria, representantes da empresa Águas de Pádua, Engenheiros Ambientais, Secretários Municipais envolvidos diretamente com o problema, que irão abordar o que pode ser feito para contornar o problema que já assola municípios de toda região.

 

Texto e Fotos – Mauro Teixeira (Ascom Pádua)

Talvez você goste!

SINDGNAISSES FECHA PARCERIA COM A PREFEITURA DE ITAOCARA

O Sindgnaisses, Sindicato das Industrias e Extratores de Pedras Gnaisses do Noroeste Fluminense, fecha parceria …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.